Queres ser um agricultor?

22-09-2020

Desde há muito tempo...


... há milhares de anos que nos alimentamos de muita coisa, mas geralmente temos que ter uma ação para no final podermos colher algo. A falta da sementeira gera um défice, e esse défice resulta em escassez. No final, todos sabemos o que acontece quando a escassez começa a dominar, traz conflitos de todas as maneiras e feitios, os preços sobem, quem não tem capacidade de comprar, ou vive sem, ou tenta por outras vias para conseguir, e assim se culmina em guerras, ódio, violência, depressão e muito mais.

Agora imagina...

Se quem quisesse semear e colher, tivesse a oportunidade de ter as ferramentas necessária para tal, a escassez tendia a começar a equilibrar, pois bem, o que vos trago é a hipótese de uma sementeira para uma colheita bem diferente do exemplo anterior, mas que no final ficará tudo interligado, pois, o objetivo será sempre o equilíbrio.



O que quero transmitir não é nada mais, nada menos que a partilha, e a partilha do nosso conhecimento para com aqueles que nos rodeiam, família, amigos, colegas, conhecidos... assim, o objetivo é fazer uma "sementeira" na mente do outro, e neste caso com a meditação e tudo o que possa estar relacionado a ela. Portanto, podemos ver isto como um desafio contínuo, começarmos a transmitir aos outros aquilo que sabemos acerca da meditação, dos benefícios da mesma, tanto na teoria como na prática. Caso comecemos hoje, nem que sejamos poucos, podemos daqui a alguns anos colher os melhores "frutos", podemos mudar vidas e mudar paradigmas.

Este é o momento...


Portanto e se quiseres, partilha com quem tu quiseres aquilo que sabes em relação a esta capacidade que todos temos ,mas não a usamos e até criamos "barreiras" para não termos esse "trabalho", sim, porque nos obriga a tomar ação, e hoje em dia, tomar ações é algo que nos faz sair das zonas de conforto.

Hoje, mais que ontem, é urgente agir, porque amanhã pode ser tarde demais!



Sê um "agricultor" e semeia aquilo que queres ver no futuro 


"Milhares de velas podem ser acesas de uma única vela, e a vida da vela não será encurtada. A felicidade nunca diminui ao ser compartilhada."

Buda